Skip to Store Area:

Artisia

Guia de cuidados básicos para Calopsitas


Principais Características

Nome: Calopsita (Nymphicus hollandicus).

Origem: Austrália.

Peso: de 85 a 120 gramas.

Maturidade sexual: a partir dos 12 meses.

Período de reprodução: o ano inteiro, com 4 a 7 ovos por postura e 17 a 22 dias de incubação.

Expectativa de vida: pode chegar aos 25 anos.

Adaptação da Calopsita

  • Chegar a um novo ambiente pode ser uma experiência difícil para uma Calopsita. Tenha bastante paciência e evite, a qualquer custo, a ansiedade de querer apressar a adaptação de seu novo pet.

  • Ela ficará estressada e não se alimentará direito nos primeiros dias. Deixe-a tranquila.

  • Não fique pegando sua ave a todo instante. Sabemos que a interação com um novo pet é tentadora, mas evite exageros.

  • Deixe sua gaiola sempre abastecida com alimento e água.

  • Mantenha as instalações do seu pet longe de barulhos e outros pets. A Calopsita ficará assustada muito facilmente.

  • Se tiver uma ave com asas cortadas, muito cuidado ao colocá-la em locais altos.

     

Instalações:

  • A gaiola deve ter espaço o suficiente para que o pássaro abra as asas tranquilamente. De preferência, o local deve possuir duas vezes a medida da ave com asas abertas;

  • O ideal é que a gaiola possua saídas laterais para que o pet possa passear sempre que quiser;

  • A gaiola deve ficar protegida de quaisquer correntes de ar e do frio (que normalmente são a maior causa de doenças nestas aves);

  • As aves necessitam de períodos diurnos e noturnos bem estabelecidos, sendo necessário adaptar o ciclo circadiano de acordo com a vida da família;

A alimentação:

  • A alimentação ideal das Calopsitas é composta de diferentes sementes (como painço, girassol, linhaça etc.) e principalmente ração especial para aves. Jamais deixe que sua ave coma abacate, alface, cafeína, chocolate, qualquer gordura, sal, sementes de frutas, folhas de batata, feijão e bebidas alcoólicas. Lembre-se: em muitas casas, a Calopsita fica solta e pode encontrar alimentos proibidos.

  • Frutas, legumes e verduras como espinafre, chicória, almeirão, couve bem lavados, milho verde e osso de siba, para ajudar na digestão e como fonte de cálcio.

  • Antes de decidir qual dieta fornecer ao seu novo pássaro, leve-o a um veterinário e pergunte tudo o que é ou não permitido. Não esqueça que consultas veterinárias são essenciais para a saúde de seu animal.